Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Portões abertos’ Category

Retorno

Caros internautas, após um ano e onze dias retorno a postar-me no Jardim Secretto, digo postar-me porque o que escrevo aqui é parte de minha alma…

Fiquei um ano impossibilitada de pausar, o tempo correu depressa o suficiente para me roubar os momentos de relatar, mas não deixei por completo, escrevi e rabisquei por todo minha alma, porém o conteúdo não cabia neste imenso Jardim. Ás vezes nossas vivências são maiores do que cogitamos e até absorver-las leva tempo. Neste tempo, meu Jardim passou por um grande outono, folhas caíram, secaram e foram absorvidas pela terra, o inverno foi longo, as árvores pareciam chorar a perda da roupagem, de fato foram muitas as perdas e um jardim desnudo parece perder a beleza, mas não fora assim, porque em meu Jardim habita um Senhor Jardineiro atento, hoje o Jardim ainda encontra-se num período de reflorestamento, o Jardineiro segue adubando as encostas e as raízes para que as plantas e as grandes arvores possam embelezar ainda mais a primavera que cedo ou tarde chegará. Não existiu no jardim solidão, porque quem é habitado por dentro nunca esta só, sinto-me inteiramente habitada…

Os muros que abrigam o Jardim, ou seja, meu corpo, também sofreu as dores do inverno, um acidente roubou-me a beleza exterior, maculou-me, pausou-me temporariamente. Mas foi a dor exterior que me fez reentrar e abrir as portas do Jardim Secretto, que nada mais é que minha alma…

Volto ao Jardim diferente, ainda mais humana, parei de escrever no dia das mulheres e retomo no dia de São José, que considero dia dedicado aos homens, por ele ser modelo de homem. Talvez o Jardineiro queira reafirmar dentro de mim que, mulher e homem coabitando dentro de mim em sadia harmonia, portanto entre e sente-se, habite o habitável, em meu Jardim não há fechaduras e nem trancas, as portas permanecem abertas para ir e vir, quando e como quiser…

Read Full Post »

Vínculos duradouros de relacionamentos caíram no desuso…

Tudo agora é passageiro…

Namoro é ficar…

Casamento é loteria…

Os amigos ficaram “sem sal”, que tal trocar?

Trocar e trocar…

Uso e desuso…

Assim estamos fazendo com os nossos relacionamentos, trocamos de amigos a cada momento que nos aparece um melhor e mais interessante, nem olhamos para traz, pegamos o que nos pertence e partimos para o mundo…

Criar intimidade caiu no desuso, somos capazes de falar dos outros, mas não somos capazes de falar de nós mesmos, porque não nos conhecemos como somos de fato…

Deixamos que os outros adentrem somente em nossa sala interna de estar, onde tudo esta organizado, quando este alguém se atreve a entrar no interior de nosso quarto, se torna ameaça… O melhor então é mudar…

Usamos e nos deixamos usar, não percebemos que quando descartamos alguém na verdade estamos a descartar nós mesmos, porque este alguém reflete o meu eu como num espelho…

Vale ressaltar que não estamos aqui abrangendo os vários tipos de relacionamentos que muitas vezes são para nós impossíveis e se continuarmos nele seria letal…

Estamos aqui falando de relacionamentos que precisam passar pela arte da fecundação, a arte de desvendar a alma de alguém e isso é tarefa de artesão, é cotidiano, árduo, mas deslumbrante…

É precisa estar ciente que quando chegarmos na matéria intima do produto poderemos afirmar se amamos ou não tal individuo, porque ama quem tem coragem de olhar o todo do outro , não apenas a parte…

maria_madalena_ e_ jesusA parte que lhe é favorável sempre será bela e ficara a mostra na sala de estar, o obscuro que precisa de amor, o amor tem essa capacidade de acender os cômodos da casa interior, mas isso não será feito sozinho, porque a todo homem e a toda mulher foi dado uma companhia, não falo aqui de cônjuges, falo de seres humanos que não foram criados para o isolamento, foram criados para produzir mesmo nunca sendo pai ou mãe, porque produzir nada mais é do que gerar vida na vida de um ser, que ainda não a encontrou e por isso caminha errante… É o amigo que tem essa potencialidade de colocar luz na sala de seu amigo e abrir suas janelas, no ficar não conseguiremos isso, é preciso permanecer, somente o a amor permanece, a paixão é maravilhosa mais é passageira…

Cuidado com amigos que só lhe trazem o calor da paixão e se agarre aos que te fixam os pés no chão mas te fazem tocar o céu …

Read Full Post »

Entre e desvende!!!

Todos nós abrigamos dentro de nós um jardim secreto, damos a ele o nome de alma, a alma é a sacralidade de cada individuo, algo que trazemos no nosso intimo e somente encontraremos a felicidade suprema quando desvendarmos o jardim do nosso eu…

Convido vocë a fazer comigo essa busca que torna-se mais bela a medida que caminhamos juntos, o caminho certamente não tornará mais facil pela companhia, porém certamente torna-se-a mais belo…

Falaremos aqui de vários assuntos que tornam nosso jardim secreto mais florido, porém não deixaremos de falar das varias etapas que passam um jardim, são suas estações: primavera, verão, outono e inverno…

Não falaremos apenas de sentimentos, porque alma não é somente sentimento mas é a decisão de tornar o indivudo vivo a medida que as estações da vida continuam a passar…

O jardim não traz trancas é aberto, para ir e vir, mas é preciso entrar e comunicar seus mais intimos desejos para que nosso caminho se torne continuo…

A sua espera!!!
Maria do Céu

Read Full Post »